menu play audio video alerta alerta-t amigo bola correio duvida erro facebook whatsapp informacao instagram mais menos sucesso avancar voltar gmais twitter direita esquerda acima abaixo item xis symbol

Treinamento perfumado

O Treinamento Perfumado é uma prática corporal terapêutica que trabalha a manutenção da vida, “expulsando as doenças” no nível 1, para depois “nutrir e reconstruir” no nível 2.

Como podemos praticar o Treinamento Perfumado?

Nas práticas abertas, podemos encontrar as duas partes sendo feitas juntas ou separadas. No Parque Villa-Lobos em São Paulo, se faz o Nível 1 no verão, e o Nível 2 no inverno, quando o Sopro da natureza está mais recolhido.

Uma pessoa adoentada pode praicar o Nível 1  em casa, sentada. Isto ajudará a expulsar a doença.

O Nível 2 é indicado para pessoas convalescentes.

Recomenda-se, mesmo para as pessoas saudáveis, não praticar mais do que três vezes por dia. Não praticar logo antes e depois das refeições, com febre ou alterações agudas.

Nos dois níveis, mantenha sempre as plantas dos pés no chão em contato consciente de enraizamento.

Cada movimento é praticado cerca de 36 vezes nas nossas práticas, para atingir o resultado de harmonização e desbloqueamento dos Sopros.

Boa prática!

Ver mais sobre Treinamento Perfumado

Treinamento Perfumado

Sidarta Gautama era seu nome, quando se iluminou tornou-se Buda, palavra que significa “aquele que está desperto”.

Ele abriu o caminho para nos tornarmos despertos também, para sermos budas anônimos espalhados na multidão.

Estar “dormindo”, tomados pelos sonhos e ilusões é a causa do sofrimento. Estar desperto é a felicidade que se manifesta em sorriso.

Esse despertar está nas pequenas coisas, um gesto, um aroma, um som… , como na prática singela que apresentamos aqui.

Ao praticá-la, você não estará no passado e nem preocupado com o futuro. Estará no presente, sentindo a pulsação do seu corpo, emocionando-se com as imagens poéticas dos movimentos e surpreendido com a percepção de aromas diversos enlevando o espírito.

Maria Lucia Lee

Esta prática budista com mais de dois mil anos de existência, foi desenvolvida por um monge que se chamava Bu Ju, com base nas tradições Chan (Zen).

Ao longo do tempo, ela foi transmitida de mestre para discípulo até chegar, no século passado, ao monge Shiwukong.

Este monge que vivia na cidade de Luoyang na China, conheceu um garoto de 12 anos que tinha uma gravíssima doença de pele. Ensinou a terapia ao jovem, que se curou, cresceu e se tornou o professor Ruisheng. Quando completou 50 anos de prática, ele passou a divulgar o Treinamento Perfumado para a população, enfocando o seu aspecto terapêutico.

Atualmente o Treinamento Perfumado, ou Xianggong, é praticado por milhões de chineses e difundido por vários países, em virtude de seus benefícios para a saúde.

Embora a vertente da saúde seja atualmente predominante, você pode explorá-lo com na origem, em que o gesto, a flor, o perfume e o sorriso estão sempre presentes. Estes são símbolos que o ligam ao Budismo Chan (Zen) e transformam a sua experiência em um bem-estar pleno, o que é ainda mais saudável.

O Treinamento Perfumado é uma prática corporal terapêutica que trabalha a manutenção da vida, “expulsando as doenças”, para depois “nutrir e reconstruir”. Este processo é realizado em dois níveis do treinamento, que são divulgados abertamente:

Nível 1

Fortalece os Sopros de defesa e expulsa as “doenças” (sopros perversos), por meio de 15 movimentos realizados pelos antebraços e mãos em várias direções, mantendo a estabilidade do corpo.

Com isto, estimulamos e desbloqueamos os meridianos que correm pelos membros superiores, fortalecendo as funções dos órgãos e meridianos da região, que são 6:

Três meridianos yin pertencentes ao pulmão, coração e pericárdio. Eles partem da cavidade torácica e se superficializam correndo pelo aspecto medial dos membros superiores.

Três meridianos yang que correm pelo aspecto lateral dos membros superiores que, subindo alcançam a cabeça e descendo se ligam às suas vísceras do intestino grosso, intestino delgado e triplo aquecedor.

Nível 2

Fortalece os sopros de nutrição por meio de 15 movimentos realizados, de forma coordenada, pelos membros inferiores e superiores.

Os pés pulsam entre cheio e vazio, fundamental para a assimilação e bombeamento do sangue e energia vital, que levam as essências nutritivas ao organismo. Quando um pé está cheio ele preenche a cavidade pélvica de energia, que será distribuída no corpo. Esta pulsação movimenta naturalmente as articulações dos tornozelos, joelhos e quadril resultando na oscilação da bacia, nos primeiros exercícios movimentos, enquanto que nos últimos, os movimentos são pendulares da bacia.

Desta forma, os movimentos estimulam e desbloqueiam os meridianos que correm pelos membros inferiores e fortalecem as funções dos seus órgãos:

Três meridianos yang que correm da cabeça aos pés pelo aspecto anterior, posterior e lateral dos membros inferiores, pertencentes, respectivamente, às 3 vísceras: estômago, bexiga e vesícula.

Três meridianos yin, pertencentes aos órgãos do baço, rim e fígado, que correm pelo aspecto medial dos membros inferiores até penetrar na cavidade torácica.

As funções dos órgãos da parte média e inferior do corpo, (baço, rim e fígado) em conjunção com as funções de suas vísceras, (estômago, bexiga e vesícula), estão diretamente relacionadas com a produção dos Sopros de nutrição.

Sopro é uma substância fundamental na MTC. Eles precedem as atividades fisiológicas e são formados a partir de três fontes:

  • Sopro pré-natal: transmitido dos pais para os filhos na concepção.
  • Sopro terrestre: proveniente da assimilação dos alimentos.
  • Sopro celeste: extraído do ar que respiramos.

Estes Sopros preenchem o corpo em sua totalidade e movem-se de forma contínua, fluindo por meio dos tecidos, órgãos e vísceras. Quando sua movimentação é harmoniosa, o corpo se mantém saudável. Caso contrário, instala-se a doença.

Um Sopro é chamado perverso quando provoca obstruções ou desequilíbrios nos meridianos e funções dos órgãos e vísceras. Eles podem ser decorrentes do frio, calor, secura, poluição; ou relacionados ao transbordamento de emoções.

Além disto, no nível 2 massageamos constantemente o acuponto Huiyin, situado no períneo, liberando e desbloqueando a energia ali localizada. Este acuponto é a raiz de três meridianos extraordinários: vaso governador, vaso concepção e vaso estratégico. Estes três meridianos beneficiam todos os 12 meridianos regulares do corpo humano.

Como podemos praticar o Treinamento Perfumado?

Nas práticas abertas, podemos encontrar as duas partes sendo feitas em sequência ou separadas. No Parque Villa-Lobos em São Paulo, se faz o Nível 1 no verão, e o Nível 2 no inverno, quando o Sopro da natureza está mais recolhido.

O Nível 1,por expulsar a doença, é indicado para pessoas doentes, e pode ser praticado sentado.

O Nível 2 é indicado para pessoas convalescentes, por que nutre o organismo.

Recomenda-se, mesmo para as pessoas saudáveis, não praticar mais do que três vezes por dia. Não praticar logo antes e depois das refeições, com febre ou alterações agudas.

Nos dois níveis, mantenha sempre as plantas dos pés no chão em contato consciente de enraizamento.

Este texto foi baseado no livro Treinamento Perfumado escrito por Maria Lucia Lee e editado pela Editora Pensamento.

Treinamento Perfumado - Nível I

Áudio para a prática

Treinamento Perfumado - Nível II

Áudio para a prática